Alumna Graça Mendes Pinto assume direcção do Museu do Oriente

A museóloga Graça Mendes Pinto, que se licenciou em História pela Faculdade de Letras, vai ser a nova Directora do Museu do Oriente, em Lisboa, a partir de 1 de Setembro de 2022.

gracamendespintoA antiga aluna era Directora do Museu Nacional da Música desde 2014. Museóloga, pertence aos quadros de pessoal da Direcção-Geral do Património Cultural. Foi conservadora no Palácio Nacional da Ajuda durante dez anos e integrou, mais tarde, o Instituto Português dos Museus.

Entre 1998 e 2003 foi requisitada pela Fundação Centro Cultural de Belém para exercer as funções de conservadora e museóloga na direcção do Centro de Exposições.

Nomeada em 2007 coordenadora da Galeria do Rei D. Luís I do Palácio Nacional da Ajuda, assumiu posteriormente a direcção do Museu da Música.

O Museu do Oriente foi distinguido em 2009 como o melhor museu português pela Associação Portuguesa de Museologia, ocupando um edifício da frente ribeirinha de Lisboa, originalmente desenhado pelo arquitecto João Simões. Construído em 1939, o edifício é considerado um dos símbolos da arquitectura portuária do Estado Novo.

De acordo com o website do Museu do Oriente, o museu possui uma programação regular de espectáculos de música, teatro, dança e cinema, e organiza cursos, workshops e palestras. Dispõe, ainda, de um centro de documentação, de um serviço educativo e de um centro de reuniões.

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DREI, Núcleo de Alumni e Mecenato)

Fotografia: Direitos Reservados