Alumnus Francisco Teles da Gama lança novo prémio internacional de literatura

Francisco Teles da Gama, antigo aluno de Licenciatura e Mestrado em História da Faculdade de Letras, acaba de lançar os International FITA Awards of Literature 2022.

Com o objectivo de promover a empregabilidade no mundo das Artes e da Cultura, o Prémio aceita participações de autores de crónica, ensaio, poesia, conto e teatro.

Os International FITA Awards of Literature 2022 surgem depois do lançamento, em 2020, da plataforma FITA – Friends in the Artes. “A FITA é uma plataforma digital que facilita a procura de oportunidades de emprego, estágios, open calls, fellowships, residências, bolsas, prémios, workshops e conferências para uma comunidade internacional no mundo das artes e da cultura”, explicou o alumnus em 2021 numa entrevista à Faculdade de Letras.

“A FITA disponibiliza três tipos de serviço: um Catálogo de Emprego, que dá acesso a oportunidades de trabalho exclusivas para os que procuram um lugar no mundo das artes, desde artistas, curadores, designers, até produtores ou arquitectos, a nível nacional e internacional, através de subscrição mensal ou anual; um Serviço de Apoio a Candidaturas, baseado na construção ou adaptação de Curriculum Vitae, portefólio e cartas de motivação às necessidades de cada pessoa, ajudando-a a destacar-se nas respectivas vagas; e por fim, Conversas Personalizadas, que costitui o serviço de mentoria individualizado, com entrevistas sobre o plano de carreira, que procura dar orientações claras e importantes sobre o caminho e objectivos da vida profissional”, contou ainda Francisco Teles da Gama na altura.

O júri dos International FITA Awards of Literature 2022 é composto por Bruno Persico, Jorge Vaz de Carvalho, Nuno Abreu e Lima, Sara Belo Luís e Teresa Carvalho. Os trabalhos devem ser submetidos em língua inglesa, italiana ou portuguesa, entre 1 de Abril a 31 de Maio de 2022.

O livro com os vencedores será publicado pela Book Cover Editora em Setembro de 2022.

O regulamento está disponível aqui.

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DREI, Núcleo de Alumni e Mecenato)

Fotografia: Direitos Reservados