FLUL Alumni pelo Mundo - Cagliari, Itália

A alumna Ângela Patrícia Luís de Oliveira Salvador Bruno é a segunda a carimbar o passaporte FLUL Alumni! Viagem até Cagliari, na Sardenha, Itália! A alumna da FLUL conta-nos o seu dia profissional, depois de se ter licenciado em Línguas e Literaturas Modernas.

 

old 1130742 1920fd

 

Ângela Patrícia Luís de Oliveira Salvador Bruno | Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas | Ano: 1997

Chamo-me Ângela Patrícia Luís de Oliveira Salvador Bruno e sou professora de língua portuguesa no Centro Linguistico Ateneo da Università degli Studi di Cagliari, na Sardenha. Antiga aluna da FLUL, licenciei-me em Línguas e Literaturas Modernas – Francês / Italiano em 1997, e no Ramo Educacional em 2000.

Quando aqui cheguei, em 2003, como professora de português, no âmbito de um projecto europeu, fiquei surpreendida com o escasso conhecimento sobre a minha língua e sobre o meu país. A primeira impressão foi de que era absolutamente necessário fazer algo para a divulgação da língua e da cultura lusófona! festejando o fim do curso

Assim, ainda no âmbito desse projecto linguístico europeu, promovi cursos gratuitos de 60 e de 80 horas de língua e cultura portuguesas e o resultado foi inesperado: o número de candidatos interessados em participar nestes cursos foi muito superior às expectativas.

Após esta pequena experiência, decidi continuar a divulgar a língua portuguesa nesta ilha do Mediterrâneo, pois apercebi-me que, pelos mais variados motivos, havia sempre uma grande procura de aprendizagem deste idioma. Não só estudantes que escolhem em grande número Portugal como meta para aprofundar e completar os seus estudos, como também outras pessoas que, por motivos profissionais, necessitam de aprender a língua portuguesa, sobretudo aqueles que escolhem países como o Brasil ou Angola como destino de trabalho. 

Por isso, agora no próximo mês de Julho, e durante um mês, o meu foco diário vão ser os cursos intensivos de Português para os estudantes Erasmus que vão para Portugal em breve. Nessas aulas, vou dedicar sempre uma parte da lição à cultura lusófona, em que escolho um elemento cultural para apresentar aos alunos. Pode ser uma tradição, um prato típico, uma canção ou uma personalidade importante. O que se pretende é que estes elementos ajudem os estudantes a conhecer a cultura portuguesa, muito para além dos aspectos didácticos. Entre os alunos que costumam frequentar o curso, a maioria vai estudar para Lisboa, Coimbra e Porto. Mas já tive alunos que escolheram Vila Nova da Cerveira, Costa da Caparica, Madeira e Açores, motivo que me leva sempre a fazer com os alunos “uma viagem” cultural de norte a sul do país, incluindo as ilhas.

v simelpIndependentemente dos cursos, o meu dia-a-dia profissional passa, ainda, pela organização de várias actividades relacionadas com a cultura lusófona: leitura de poesia em língua original de autores portugueses, brasileiros e africanos, sessões de cinema em português em colaboração com o Cineclub Fedic de Cagliari e organização de saraus lusitanos, com música e gastronomia lusófonas. Neste momento está ainda a decorrer outra actividade didáctica que criei, de correspondência em português - actividade Clube da Caneta – em que os meus alunos comunicam com estudantes de língua portuguesa em Sevilha, sem esquecer os encontros mensais de língua portuguesa abertos a todos os falantes de português (nativos, estudantes, etc).

Tudo isto depois de um período cheio de boas memórias na FLUL, repletas de bons momentos, de convívio entre o bar velho e o bar novo e da participação na Associação de Estudantes durante o segundo e terceiro anos de curso. É difícil recordar a Faculdade sem lembrar os professores pelos quais, ainda hoje, nutro grande estima, sobretudo, os de Italiano! A palavra que melhor resume as minhas memórias da FLUL é SAUDADE! 

Fotografia: Ângela Bruno / Direitos Reservados

 

Se é Antigo Aluno da FLUL e gostava de dar a conhecer a sua experiência profissional lá fora, envie um email para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.