Alumnus da FLUL distinguido com Prémio Fernão Mendes Pinto 2020

O alumnus Mateus Segunda Chicumba, que se doutorou pela FLUL em Português Língua Estrangeira/ Língua Segunda em 2019, foi distinguido com o Prémio Fernão Mendes Pinto 2020, com a tese de doutoramento intitulada "A educação bilingue em Angola. E o lugar das línguas nacionais".

A tese teve orientação da Professora Doutora Inocência Luciano dos Santos Mata (FLUL) e co-orientação do Professor Doutor António Fernandes Costa (Universidade Católica de Angola, UCAN).

O prémio, instituído pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa – AULP, pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua - IC, distingue, a cada ano, um trabalho de investigação de mestrado ou doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa.

No resumo da tese de doutoramento pode ler-se que “o objetivo principal é o de aferir o lugar das línguas nacionais no processo de escolarização, contribuindo para o desenvolvimento de programas e sensibilizando os diferentes segmentos da sociedade angolana para as vantagens da educação bilingue”. O alumnus explica ainda que “o que se pretende é que esta tese contribua para a promoção da diversidade linguística, que deve ser vista também como uma mais-valia para a harmonização social e a coesão nacional”.

Com um valor de 8 mil euros, o prémio será entregue durante o XXX Encontro da AULP para 2021, em data e local a anunciar.

As candidaturas à edição de 2021 do Prémio Fernão Mendes Pinto já se encontram abertas. Toda a informação está disponível aqui.

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DREI, Núcleo de Alumni e Mecenato)