Rainha de Inglaterra distingue antiga aluna da FLUL com Ordem do Império Britânico

A antiga aluna Leonor Machado de Sousa, que se licenciou pela FLUL em Filologia Germânica em 1954, foi distinguida com a Ordem do Império Britânico pela Rainha Isabel II de Inglaterra, como tributo à sua prestigiada contribuição para as artes e ciências, nomeadamente, na área de estudos anglo-portugueses.

ffffffffefff

Professora Catedrátrica jubilada da Universidade Nova de Lisboa, Leonor Machado de Sousa foi a primeira mulher a dirigir a Biblioteca Nacional de Portugal. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Estudos Anglo-Americanos (APEAA), foi Vice-Reitora da Universidade Aberta e Vice-Presidente da Byron Society in Portugal. Como membro da Academia Portuguesa de História, tem nas relações anglo-portuguesas, nomeadamente a escrita de viagens e a Guerra Peninsular, os seus principais temas de trabalho.

Em comunicado, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, sublinha a “prestigiada contribuição para as artes e ciências” que a alumna teve. “Esta distinção vem coroar um percurso académico inovador nos estudos anglo-portugueses, amplamente reconhecido pelos seus pares e pelos muitos alunos que, ao longo de décadas, com ela aprenderam e trabalharam”, refere ainda o mesmo comunicado.

“O seu percurso profissional e o seu contributo para a história e cultura portuguesas são significativos, não só pelo rigor e pela excelência das suas investigações académicas, mas também pela forma como abriu horizontes e novos caminhos para as mulheres portuguesas”, aponta também o Ministério da Cultura.

A Ordem do Império foi estabelecida em 1917 pelo Rei Jorge V.

 

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DREI, Núcleo de Alumni e Mecenato) 

Fotografia: Direitos Reservados