Prémio Autores 2020: antigos alunos da FLUL estão entre os nomeados

Os alumni da FLUL Rita Taborda Duarte, Inês Barahona e Bruno Bravo, estão entre os nomeados ao Prémio Autores 2020, promovido pela Sociedade Portuguesa de Autores.

bravoNa categoria Literatura, Rita Taborda Duarte é candidata ao prémio de “Melhor Livro de Poesia” com a obra As Orelhas de Karenin, editado pela Abysmo, Inês Barahona é candidata ao prémio de “Melhor Livro Infanto-Juvenil”, com Ciclone – Diário de uma Montanha-Russa (em co-autoria com Miguel Fragata), e Bruno Branco está nomeado na categoria "Melhor Espectáculo", com Tio Vanya, espectáculo que encenou.

Rita Taborda Duarte é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela FLUL, instituição onde conclui, também, o Mestrado em Teoria da Literatura. Docente do ensino superior na Escola Superior de Comunicação Social, é membro da Comissão de Leitura da Fundação Calouste Gulbenkian. Na sinopse do livro As Orelhas de Karenin pode ler-se que a autora “continua a procurar o lugar exacto da palavra na construção do mundo. Com uma estrutura muito original, com uma cadência musical que resume cada momento que se acaba de ler para lançar o seguinte, percebemos que há nestes vários livros que procuram entender a engrenagem do quotidiano”.

Licenciada em Filosofia e Mestre em Estética e Filosofia da Arte pela FLUL, Inês Barahona fundou e dirige a companhia de teatro Formiga Atómica. Trabalhou em diferentes domínios da criação, nomeadamente no texto e dramaturgia. No livro Ciclone – Diário de uma Montanha-Russa, dois rapazes, M. e Bernardo, e duas raparigas, Carla e Anabela, entre os 13 e os 19 anos, vão escrevendo os seus diários. Este livro é um diário de emoções, inspirado no texto do espectáculo Montanha-Russa, de Inês Barahona & Miguel Fragata, que estreou em Março de 2018 no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, e tem percorrido outros teatros, nacionais e estrangeiros.

Bruno Bravo é co-fundador e director artístico da companhia Primeiros Sintomas. Licenciado em Teatro, ramo de actores, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, frequentou o Mestrado em Estudos de Teatro na FLUL. No espectáculo Tio Vanya, personagens excepcionais são também homens e mulheres comuns, que dialogam entre si falando quase sempre de si mesmos. As falas mais prosaicas são também diferentes pontos de vista filosóficos sobre o sentido e o absurdo da existência humana. 

A cerimónia de entrega do Prémio Autores 2020 terá lugar no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém no dia 26 de Março de 2020, com transmissão em directo na RTP2, às 22h.

Texto: Tiago Artilheiro  (FLUL-DREI, Núcleo de Imagem, Comunicação e Relações Externas)    

Fotografia: Direitos Reservados