Antigo aluno da FLUL ganha Prémio da Lusofonia e do Direito de Autor

José Jorge Letria, antigo aluno do curso de Licenciatura em História da FLUL, recebeu em Paris no passado dia 27 de Fevereiro o Prémio da Lusofonia e do Direito de Autor, na 1.ª Gala da Lusofonia organizada pelo Instituto do Mundo Lusófono.

josejorgeletria

Presidente da Sociedade Portuguesa de Autores, José Jorge Letria é autor de uma vasta obra literária, sendo ainda vice-presidente do Grupo Europeu de Sociedades de Autores, sediado em Bruxelas.

O Prémio foi entregue ao alumnus por Jean-Nöel Tronc, Director Geral da sociedade de autores francesa – SACEM -, que destacou o trabalho desenvolvido por José Jorge Letria como escritor, músico e dramaturgo, com obra traduzida em mais de uma dezena de idiomas. O esforço de promoção da lusofonia como espaço de encontro e de trabalho comum do antigo aluno foi, também, destacado por Jean-Nöel Tronc.

O Instituto do Mundo Lusófono, que foi criado há cerca de um ano, pretende “premiar os falantes de língua portuguesa e quem promove a cultura lusófona por todo o mundo", disse Isabelle Oliveira, presidente do organismo.

Na edição deste ano da Gala da Lusofonia foram ainda premiados os jornalistas e escritores Judite de Sousa e José Rodrigues dos Santos, o maestro Álvaro Cassuto, o escultor Francisco Simões, o escritor Mia Couto e o arquitecto Álvaro Siza Vieira, para além do actor brasileiro Lima Duarte e da estilista Fátima Lopes.

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DRE, Núcleo de Imagem, Comunicação e Relações Externas)    

Fotografia: Direitos Reservados