“As faculdades foram lugares que mudaram as vidas e os destinos dos refugiados”

Num tempo em que se tornaram comuns as histórias e as imagens de refugiados, José Jorge Letria resgata da sombra o perfil de 50 pessoas que partiram para o exílio. Dos retratos que constituem “Refugiados – 50 Vidas sem Pátria e com História”, editado pela Guerra & Paz, constam nomes como Freddie Mercury, Albert Einstein ou Hannah Arendt.

Continuar...

“Uma boa ficção terá sempre um efeito catártico”

No inicio de um novo ano lectivo partimos em viagem… sem sair do lugar. Conversámos com Júlia Nery, alumna do curso de Filologia Românica da FLUL, sobre o seu mais recente romance Ei-los que partem, editado pela Sextante.

Continuar...

“Neste livro há um romance dentro do próprio romance”

Romance de estreia da alumna Cristina Almeida Serôdio, A Casa das Tias é mais do que a história de uma família. Se as duas tias solteiras já seriam um ponto de partida que podia contribuir para um enredo sustentado, aquela “casa fechada” que serve de cenário ao livro é garante de muitas outras histórias.

Continuar...

“Quase que assumimos que o Caso Camarate foi uma vingança”

Ricardo Raimundo, alumnus dos cursos de Licenciatura e Mestrado em História da FLUL, não tem dúvidas que a morte de Francisco Sá Carneiro aconteceu por vingança. Camarate é, no entanto, apenas um dos mais de 40 episódios contados no livro Grandes Vinganças da História de Portugal.

Continuar...

Alumna Isabel Valadão revisita em livro a Macau da II Guerra Mundial

A década de 40 em Macau serve de pano de fundo do novo romance da alumna Isabel Valadão, que junta na mesma história a II Guerra Mundial com a realidade das “noivas chinesas de portugueses”.

Continuar...

“Este livro tenta colocar o dedo na discriminação de género”

No novo livro do alumnus Nuno Gomes Garcia embarcamos rumo a uma distopia. Francine e Jean protagonizam o romance O Homem Domesticado, edição Casa das Letras, no qual a bioengenharia e a discriminação de género assumem um lugar destacado.

Continuar...