Rosa Varela Gomes

rosa varela gomesProfessora, Historiadora e Investigadora 

Nascida em Faro, a 1954, Rosa Varela Gomes foi aluna da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa na década de 70, concluindo, a 1977, a Licenciatura em História. Dez anos depois, conclui o Mestrado em História da Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a tese Cerâmicas Muçulmanas do Castelo de Silves e, em 2000, na mesma instituição, o Doutoramento em História – Especialidade de Arqueologia, com a tese Silves (Xelb) – Uma Cidade do Gharb Al-Andalus – Arqueologia e História (séculos VIII-XIII).

Desde 1990 que exerce funções de professora auxiliar do Departamento de História na FCSH/NOVA, tendo coordenado a área de Arqueologia da mesma Faculdade durante mais de uma década, de 1996 a 2009. Para além de manter actividade de docente na Universidade Nova de Lisboa, a alumna foi, por várias vezes, convidada a leccionar cursos de especialização em instituições estrangeiras, nomeadamente na Universidade de Granada, onde leccionou módulo intitulado “Técnicas de análisis de la cerâmica como indicador arqueológico” (2003/2004) e o módulo intitulado: “A Arqueologia Islâmica em Portugal”, (2006), na Universidade de Murcia, a convite dos responsáveis pelo Curso “El Castillo Medieval en Tiempos de Alfonso X El Sabio”, onde leccionou o módulo “Silves y las Fortificaciones del Gharb alAndalus (siglos XII-XIII) ”, (2007) e a Universidade de Lérida, onde leccionou módulo intitulado “Convivência entre Cristãos e Muçulmanos no Algarve durante a Idade Média” (2013).

De entre os vários cargos que tem vindo a ocupar desde 1993 (quando se tornou Membro da direcção do Instituto Oriental), quase sempre relacionados com a variante arqueológica na Universidade Nova de Lisboa, destacam-se o cargo de coordenadora da área de Arqueologia (1996-2009), seguindo-se a coordenação do 1º Ciclo em Arqueologia (2009-2011). Foi também a responsável pelo 1º Curso de Pós-Graduação em Arqueologia e Património, realizada em Silves, entre 2002 e 2003. De 2006 a 2009, foi a coordenadora do 1º e 2º Ciclos de Arqueologia (U.N.L). Integrou a Comissão Científica do Departamento de História, de 2000 a 2009, a Comissão Pedagógica do Departamento de História, em 1997 e de 2004 a 2006, e a Comissão Executiva do Departamento de História, de 2009 a 2012. Foi Directora e fundadora do Centro de Investigação Arqueológica, de 2002 a 2010, assumindo também a Direcção do Instituto de Arqueologia e Paleociências das Universidades Nova de Lisboa e do Algarve, do qual foi membro-fundador, entre 2011 e 2012, sendo a actual Directora e fundadora do Instituto de Arqueologia e Paleociências da Universidade Nova de Lisboa, desde Junho de 2012.

Durante a carreira de investigadora e autora, publicou, até à data, 39 artigos em revistas especializadas e 28 trabalhos em actas de eventos, possuindo 44 capítulos de livros e 13 livros publicados. Da vasta obra que elaborou, vocacionada para a realidade algarvia em contexto medieval e arqueológico, destacam-se os livros Ribat da Arrifana. Cultura material e espiritualidade (2007), Cristãos e Muçulmanos na Idade Média Peninsular. Encontros e Desencontros (2011), O Rîbat da Arrifana: Aljezur - Algarve (2004), entre tantas outras publicações subordinadas a esta temática.

Actualmente, mantem funções como docente na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, sendo, como referido, a Directora do Instituto de Arqueologia e Paleociências da mesma instituição.