José Eduardo Moniz

Jornalista, Empresário e Profissional de Televisãoeduardo oniz

José Eduardo Soares Moniz de Lucena, ou José Eduardo Moniz, como é conhecido, nasceu a 6 de Maio de 1952, em Ponta Delgada, e foi aluno do curso de Filologia Germânica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, que concluiu em meados dos anos 70.

Ainda durante o seu percurso estudantil, entre 1970 e 1971, conseguiu um estágio de jornalismo no Diário Popular, entrando depois para os quadros do jornal, onde exerceu funções como jornalista, repórter e coordenador até 1977.

Nesse mesmo ano, torna-se Chefe do Departamento de Actualidades e Editor-Chefe de Noticiários e Actualidades da RTP seguindo-se, em 1978, a chefia dos serviços de Informação da RTP/Açores. No ano seguinte, é nomeado Chefe de Redacção do periódico A Nação. Deste ano até 1982, assume o cargo de Chefe do Departamento de Noticiários da RTP 1 e de Subdirector para a Informação Diária, para além das funções de apresentador tanto de telejornais como de outros programas, chegando, no ano seguinte, à Direcção de Informação Diária da RTP. 

Entre 1984 e 1986, tem uma passagem pela rádio, iniciada na Rádio Renascença, enquanto Coordenador de Informação da manhã, até 1986, ano em que fica responsável pelo programa Sopa de Pedra. Contudo, apesar da dedicação à rádio, José Eduardo Moniz prossegue com a sua carreira televisiva. De 1985 (ano em que inicia a Direcção da revista Telestar) em 1989, assume as funções de Director Coordenador de Informação da RTP, seguindo-se a Direcção e a Coordenação de Informação e programas do Canal 1 da RTP, que desempenhou de 1989 a 1990 e, deste ano até 1994, é também Director Coordenador de Informação e Programas da RTP (RTP1 e RTP2), cargo que abrangia toda a programação da estação. Em 1992, após quase duas décadas a exercer funções no ramo da Comunicação Social, é distinguido com o Prémio Bordalo (atribuído pela Casa da Imprensa), na categoria de Televisão.

Em 1994, José Eduardo Moniz funda a empresa “MMM-Produtores Independentes S.A.”, da qual foi Director-Geral até 1998, ano em que entra nos quadros da TVI e vende a sua participação na produtora MMM, de modo a libertar-se de todos os compromissos externos. Neste período a estação televisiva atravessava algumas dificuldades a nível da programação, pelo que José Eduardo Moniz, na condição de Director-Geral (funções desempenhadas até Agosto de 2009), aposta em programas como o Big Brother (2000) e na ficção nacional, tornando a TVI a estação nacional com mais audiências.

Durante os anos 2000, José Eduardo Moniz é, por várias ocasiões, distinguido pelo seu trabalho. Em 2005, foi premiado pelo Diário de Notícias na categoria de Personalidade do Ano e, em 2006, torna a ser a Personalidade do Ano com os Prémios Meios & Publicidade. Em 2007 é novamente designado Personalidade do Ano no Audiovisual e, em 2009, é agraciado com a Medalha de Ouro de Vermeil, da Société Académique d’Éducation et d’Encouragement, Arts-Sciences-Lettres, de Paris.

No mesmo ano, integra os quadros da Ongoing Media com o cargo de Vice-Presidente. Três anos depois, em 2012, junta a componente académica ao seu percurso, sendo nomeado Director do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa, ano em que é também nomeado Vice-Presidente do Sport Lisboa e Benfica e, no ano seguinte, funda a Empresa JEM – MEDIA CONSULTANCY, LDA.

Casado com a jornalista Manuela Moura Guedes, José Eduardo Moniz mantém actividade na TVI como consultor para a área de ficção, e também como consultor para a estratégia de conteúdos não informativos. Para além destas funções, continua a exercer o cargo de Vice-Presidente do Sport Lisboa e Benfica e Vice-presidente Ongoing Media.