Maria Cavaco Silva

Professora

silva maria cavaco

Maria Alves da Silva Cavaco Silva, nascida em Silves a 19 de Março de 1938, tirou duas licenciaturas na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a primeira, em Filologia Germânica, concluída com a tese A Saudade na Poesia de Hölderlin, tema que analisou comparativamente ao conceito de Saudosismo Português, principalmente com Teixeira de Pascoaes; a segunda em Ciências Pedagógicas.

Iniciou a sua actividade de docente em 1960, exercendo até 1963 em liceus lisboetas, nomeadamente o Liceu Passos Manuel, o Liceu Rainha D. Leonor e o Liceu D. João de Castro. O ano de 1963 assinala o seu casamento com Aníbal Cavaco Silva e a partida do casal para Moçambique, onde continua a sua actividade de docente, leccionando Língua Portuguesa e algumas línguas estrangeiras em Maputo, no Liceu Salazar e no Liceu D. Ana da Costa Portugal.

Devido à sua relação de trabalho com o Language Teaching Centre, deslocou-se até York, Inglaterra, em 1971, onde permanece até 1974. Durante a estadia em Inglaterra, aprofundou os seus conhecimentos na língua e na cultura inglesa, frequentando também cursos de alemão e de italiano. Ainda em Inglaterra chegou a exercer funções docentes, leccionando Português, ainda que a título privado, dado que não existia ali leitorado oficial de Língua Portuguesa.

Quando regressa a Portugal, exerce na Universidade Católica, onde se torna regente da disciplina de Língua Portuguesa do curso de Filosofia (1977), e no curso de Teologia (1981). Assume também a regência da disciplina de Língua e Cultura Portuguesa do curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica, onde também ministrou um curso de Verão com o tema "A Língua Portuguesa na Novelística Portuguesa Contemporânea", destinado a alunos luso-americanos (1985). Iniciou ainda o Curso Anual para Estrangeiros no programa Sócrates/ Erasmus, terminando esta actividade em 2006. Mantém a sua ligação com a Universidade Católica, dando aulas extraordinárias para diferentes cursos de Literatura e Cultura Portuguesa.

Tem vários artigos e estudos publicados sobre autores como Luís de Camões, Gil Vicente, Bocage, Camilo Pessanha, Cesário Verde, José Régio, Natércia Freire, Ruy Belo, Vergílio Ferreira e Sophia de Mello Breyner Andresen.

Enquanto Primeira-Dama, dedicou atenção aos desafios que as famílias e os jovens enfrentam no mundo actual e as novas exigências em matéria de assistência social.